Consórcio Honda tem crescimento recorde de 73%

Após reforçar sua estratégia comercial no segmento automotivo, o Consórcio Nacional Honda (CNH) atingiu número recorde de vendas de cotas para automóveis: foram 7.221 unidades comercializadas em 2015, o que representa 73% de crescimento em relação ao ano de 2014. O modelo HR-V, lançado em março do ano passado, foi o destaque da modalidade, com 49% das entregas no período, seguido do Honda Fit, com 21%.

Reconhecida como a maior administradora de consórcios do País devido à sua atuação no mercado de motocicletas, em 2015 o CNH reformulou seu modelo de negócio junto à rede de concessionárias de automóveis e investiu em campanhas e plataformas de vendas para alavancar os resultados. “A modalidade é muito vantajosa para o cliente Honda. A partir da aquisição da carta de crédito, o consumidor pode planejar a troca de seu automóvel e dar o próprio veículo como lance. Dessa forma, ele sai da concessionária com o carro quitado ou com poucas parcelas a pagar, sem taxas de juros”, explica Ricardo Tomoyose, presidente da Honda Serviços Financeiros.

Presente no mercado há 35 anos, o Consórcio Honda conta com mais de 2 milhões de clientes de carros e motocicletas ativos em sua carteira. Além da vantagem de parcelamento da cota em até 80 meses, outro atrativo da modalidade são os planos que se adaptam ao orçamento do cliente, que pode indicar a melhor data para pagamento de sua parcela e participar desde a primeira assembleia por sorteio e lance. Para 2016, a expectativa da empresa é crescer 25% no segmento de automóveis.

Mais informações: www.hondaservicosfinanceiros.com.br

Sobre o grupo Honda no Brasil – Presente no País desde 1971, quando começou a importar, e em seguida a produzir motocicletas em Manaus (AM), a Moto Honda da Amazônia Ltda. é atualmente a maior fabricante de motos do Brasil, com mais de 20 milhões de unidades produzidas.

Desde 2001, a empresa produz, também em Manaus, modelos de motores estacionários, além de comercializar geradores, motobombas, roçadeiras e pulverizadores costais importados de outras unidades da marca no mundo. Um ano depois iniciou a fabricação de quadriciclos na unidade. Em 1992, com a criação da Honda Automóveis do Brasil Ltda., a empresa entrou no competitivo mercado automobilístico brasileiro por meio de importações e, a partir de 1997, com a produção nacional de automóveis no município de Sumaré (SP). Em 2013, anunciou sua segunda planta de automóveis, em Itirapina, interior de São Paulo. Em uma iniciativa inédita no segmento automotivo no País, a empresa iniciou, no mesmo ano, a construção do seu primeiro parque eólico na cidade de Xangri-Lá, no Rio Grande do Sul, inaugurado em novembro de 2014. Para administrar as operações do parque, que supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, foi criada a Honda Energy do Brasil.

No País, também faz parte do grupo a Honda Serviços Financeiros, que reúne o Consórcio Nacional Honda, a corretora Seguros Honda, a Leasing Honda e o Banco Honda. Presentes na rede autorizada de todo o Brasil, o serviços oferecidos facilitam o acesso dos clientes aos produtos da marca. Em 2015 a Honda Aircraft Company, subsidiária da Honda Motor Co. anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para a América do Sul, sendo o Brasil o representante regional.